Pular para o conteúdo
  • Construção Civil
  • Construção civil deve ser impulsionada em 2024 pelos programas habitacionais e redução da Selic

    Construção civil deve ser impulsionada em 2024 pelos programas habitacionais e redução da Selic
    Segundo projeção do Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção, Maquinismos, Ferragens, Tintas, Louças e Vidros da Grande São Paulo, Sincomavi, a construção civil deve fechar o terceiro ano consecutivo em avanço, mesmo que moderado. Em 2022, o aumento foi de 6,9% e, em 2021, 9,7%. E o mercado tende a seguir em expansão,i mpulsionado principalmente pelo o fortalecimento dos programas habitacionais e a redução da Selic. O setor deve  movimentar aproximadamente R$ 796,4 bilhões no país até 2026, abrangendo habitação, infraestrutura e demanda por insumos da cadeia produtiva, de acordo com a pesquisa  “Investimento em Infraestrutura e Habitação: Impacto na cadeia produtiva da Construção”, publicado em setembro de 2023, pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, Firjan, em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro, Sinduscon-Rio, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção, CBIC e o Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada-Infraestrutura, SINICON. Fonte: Grandes Construções/Liveprint

    Conteúdos relacionados