Pular para o conteúdo
  • Meio Ambiente
  • Indústria brasileira do cimento busca compromisso com neutralidade climática

    Indústria brasileira do cimento busca compromisso com neutralidade climática
    O segmento econômico da produção de cimento no Brasil, que foi o primeiro a firmar um compromisso internacional de neutralidade climática, ou seja, a redução de emissão de CO2 na atmosfera, deu mais um passo nesse sentido. No momento em que líderes mundiais discutiram alternativas para mitigar as alterações climáticas, a Associação Brasileira de Cimento Portland, ABCP, e o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento, SNIC, marcaram presença na 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP28, em Dubai. O presidente da ABPC/SNIC, Paulo Camillo Penna representou a cadeia produtiva do cimento em debates sobre a agenda de sustentabilidade do setor e enfrentamento da mudança climática, no estande da Confederação Nacional da Indústria – CNI. A ideia do posicionamento da indústria nacional é partir do Roadmap Brasil, lançado em 2019 pelo setor empresarial brasileiro na busca da transição energética nacional e que apontava meios para reduzir a emissão de CO2, inclusive na produção de cimento. Fonte: Revista Grandes Construções/Liveprint  

    Conteúdos relacionados